Facebook

quinta-feira, 1 de maio de 2014

La Paz , Bolívia, cordilheira dos andes saturada de paisagens grandiosas,

" A Bolívia é a síntese do universo" Alcide d'Orbigny . Viajante e naturalista 1830



Em La Paz o altiplano se abre para nós! Transpirarmos, expirarmos e respirarmos o ar rarefeito  que faz de uma marcha uma enorme aventura. Podemos sentir vibrar um misticismo influenciado ainda pelos grandes impérios precolombianos! A capital mais alta do mundo, conhecida como o Tibet da América Latina, esta cravada em um imenso canyon árido.Ao leste, cordilheira Royal: 500 km de extensão e aproximadamente 300 picos com mais de 5000 m. Ao oeste, a cordilheira ocidental com picos vulcânicos de até 6500 m. Os famosos lagos andinos, entre eles o Titicaca , o Salar de Uyuni e deserto Sud Lipez com suas lagoas coloradas também estão situados no Altiplano Andino.
A arquitetura hispânica do inicio do século XX cerca uma cidade colorida, barulhenta e movimentada. No entanto, muitos dos seus habitantes optaram por não pintar suas casas, deixando-as em eterno estado de construção e, assim, não pagar mais impostos ao governo.
A maior proporção de índios da América latina : 55%  (30% Quechuas e 25%  Aymaras), 15% de brancos, 30% de mestiços. 
A culinária boliviana não é espectacular e nem variada, no entanto, os bons restaurantes são abordáveis e encontramos, além de pratos regionais, massa, pizza e cozinha internacional. Devemos manter atenção aos produtos frágeis em restaurantes populares ou em feiras, a higiene não é sempre assegurada. Recomendo o cereal mais famoso da região em sopa , acompanhado de carne e com leite: quinoa! A batata é a base da alimentação andina, cultivada desde de 6000ac, podemos encontrar 300 espécies diferentes. As carnes predominantes na cozinha são de boi, de frango e de lhama, esta última é a mais exótica para os brasileiros.
A música dos andes é singular ! Influenciada pelas culturas ancestrais as melodias milenares são compostas por notas estranhas da  flauta andina e do charangos em madeira (espécie de guitarra), entre outros instrumentos.

                                           Vejam um exemplo de música boliviana


"cholas" 












Estrada Santa Cruz-la paz

Estrada da Morte 

Estrada da Morte 

Estrada da Morte 

As visitas impermeáveis em La Paz :






Trekking na cordilheira royal

INFORMAÇÕES E SERVIÇOS


Site do país - www.bolivia.gob.bo


Fundación para la Gestión del Destino Turístico La Paz-Beni (OGD La Paz-Beni) -www.visitbolivia.org/ogd2

DDI - 591 (Bolívia)

Código de acesso de La Paz - 2

Informações turísticas de La Paz - Fundación para la Gestión del Destino Turístico La Paz-Beni - Edifício Información Turística, 2150, Piso 2, final Paseo El Prado, Centro, tel. 591 2 211-7133 e 237-4144, ogd@visitbolivia.org

Idioma - Espanhol

Fuso horário - O horário na Bolívia está atrasado uma hora com o horário de Brasília. Durante o verão brasileiro, a diferença aumenta para duas horas.

Moeda - A moeda oficial é o boliviano. Acesse http://economia.uol.com.br/cotacoes/ para acompanhar a cotação da moeda local.

Energia elétrica - 220 volts. Apesar de a maioria dos hotéis também oferecer plugue de 110, providencie um adaptador para utilizar as tomadas do país.

Visto e documentos - Com passaporte brasileiro válido é possível ficar até 90 dias na Bolívia, sem a necessidade de visto. Também é preciso ter comprovante da vacina de febre amarela, tomada ao menos 10 dias antes da viagem.

Trajeto de avião : Cusco, Salar de Uyuni , Santa Cruz
Por terra: Puno (Lago de Titicaca) ou Copacabana 3h , Sucre 13h,  Tiwanaku 4h, Potosi 10h, Cochabamba 7h







3 comentários:

  1. Oi, Josi. Tudo bem? :)

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Natalie - Boia

    ResponderExcluir
  2. A Cordilheira do Andes é realmente muito bonita. Sua paisagens inspiram paz em qualquer pessoa. Belo post.

    ResponderExcluir
  3. Poxa, que legal o post. Não conheço ainda a Bolívia, mas com o relato acima deu uma vontade enorme de conhecer.

    ResponderExcluir